terça-feira, 19 de maio de 2009

Rio de Janeiro, cidade maravilhosa?

Quantos de vocês, cariocas ou não, têm medo da violência do RJ?



Leitor Amigo: EU TENHO!





Administrador Neurótico: Roubaram meu Chevette semana passada, lá na Avenida Automóvel Clube. Altura do Atacadão.


Enfim, até mesmo os personagens têm medo do RJ. Mas calma. Muita calma nesta hora. Não vamos generalizar. Rio de Janeiro, SP, ES, MG, SC etc, a maioria das cidades tem seu grau de violência. Menos o Acre, pois dizem que lá só tem mato. (risos)

O objetivo deste post é demonstrar uma prática que já vem acontecendo há algum tempo, que é uma estratégia de campanha publicitária na qual se usa o RJ como indicador supremo relacionado à violência. E não apenas violência urbana. Analogia às ‘supostas’ violências cometidas por autoridades da ex-capital do Brasil.

A última foi a da Burger King (que por sinal eu adoro os sanduíches de lá). Onde a empresa veiculou uma campanha em Londres com a seguinte frase: “One way ticket to Rio not necessary. You'll feel like you robbed us”. Traduzindo: “Uma passagem ao Rio não é necessária. Você já vai se sentir como se estivesse nos roubando".



Leitor Amigo: NOOOOSSA, mas que absurdo!




Pois é Leitor Amigo, e achas que essa foi a primeira vez???

Em janeiro deste ano, uma rede de roupas femininas (Relish, da Itália) desenvolveu uma campanha publicitária onde mostrava autoridades do Rio de Janeiro revistando algumas modelos de uma forma um tanto quanto assanhada.

E não para por aí, esta não é a primeira e nem a segunda campanha de mau gosto. Já vi outras rolando pela web ou por e-mails.

Volto a falar que o RJ não é um Santo, muito menos do Pau Oco. Mas cá entre nós, o cara que é profissional de marketing que se presta a perder tempo criando uma campanha, que tem tudo para ser o máximo, e acaba criando ISSO só pode ter problemas sérios.



Vovó Neurótica: Dá Rivotril para ele!




Pergunta no ar!
Você já sofreu alguma forma de violência (seja ela por bandido, miliciano ou autoridade) em sua cidade? Sim ou Não? Pf. diga a cidade onde aconteceu o fato.
COMENTE

quinta-feira, 14 de maio de 2009

RES: HUMOR – O Balanço

Sr. Administrador Neurótico, quem lhe deu o direito de publicar algo na minha ausência??


Administrador Neurótico:"Q-q-que isso ch-ch-chefe. A-a-achei que o senhor não se i-i-incomodaria ... Devo apresentar minha carta de demissão?"


O Senhor está com sorte de os leitores terem gostado da gracinha! Sirva-me um cafézinho, por favor.
























































Infelizmente nos dias 15, 16 e 17 deste mês de maio não haverá postagem. (buáaaaaaaaa)

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Eu Recomendo – by Nelson-RJ

O que é o Marketing?

Pois é, eu mesmo como especialista em Marketing às vezes me pergunto: O que é marketing? E me vejo viajando em n+1 definições ...
... é uma função organizacional e um conjunto de processos que envolvem a criação, a comunicação e a entrega de valor para os clientes, bem como a administração do relacionamento com eles, de modo que beneficie a organização e seu público interessado. (AMA - American Marketing Association - Nova definição de 2005)
Kotler, Richers, Keller etc todos eles tem sua definição para o marketing. Não esquecendo que marketing se abre em outras áreas também, como: Marketing de Relacionamento, Endomarketing, Marketing Interno, Marketing Verde, Marketing Viral, Marketing de Guerrilha, Marketing do Inferno etc.

Hoje verificando meus e-mails vejo que um Leitor Amigo do Rio de Janeiro me mandou exemplos para clarear o significado de algumas das várias áreas do marketing.

1. Você vê uma mulher numa festa. Você vai até ela e diz:
“Eu sou Bom de Cama.”
Isto é Marketing Direto.

2. Você está numa festa com um grupo de amigos e vê uma mulher. Um de seus amigos vai até ela e, apontando para você, ele diz:
“Ele é Bom de Cama!”
Isto é Publicidade.

3. Você vê uma mulher numa festa. Você vai até ela e consegue o seu telefone. Você liga no dia seguinte e diz:
“Oi! Eu sou Bom de Cama!”
Isto é Telemarketing.

4. Você vê uma mulher numa festa. Você se levanta, ajeita o cabelo, vai até ela e diz: “Com licença.” e ajeita a alcinha do vestido dela, roçando de leve no seu braço e conclui:
“A propósito, eu sou Bom de Cama.”
Isto é Relações Públicas.

5. Você está numa festa. Uma mulher se aproxima de você e diz:
“Disseram-me que você é Bom de Cama.”
Isto é Recall da Marca.

6. Você está numa festa e vê uma mulher. Você a convence a ir para casa com seu melhor amigo.
Isto é Representação de Vendas.

7. Seu amigo não a satisfaz e ela liga para você.
Isto é Suporte Técnico.

8. Você está indo a uma festa quando você se dá conta que poderia haver um monte de mulheres em cada uma das casas pelas quais você está passando. Você sai do carro e do meio da rua grita bem alto:
“EU SOU BOM DE CAMA!”
Isto é Spam…

terça-feira, 12 de maio de 2009

Julhinho, meu filho! Já pro vídeo game...

Imagine você ouvir isso da sua mãe todos os dias ... Esta é uma realidade cada vez mais próxima de nós.



Sobrinho Mala: “Se eu jogar vídeo game dia de semana, minha mãe me deixa de castigo... (snif)”



Estudos como o da PsycPORT afirmam que 5 a 7% das crianças com TDA (Transtorno de Déficit de Atenção) usam o vídeo game para trabalharem a concentração.
Existem segmentos que abominam vídeos games e geralmente são aquelas pessoas mais velhas oriundas da era dos dinossauros. Não é, Vovó?



Vovó Neurótica: “Vá te lascar, diacho!”




Mas é difícil não encontrar uma pessoa que goste de vídeo game. Eu mesmo sou louco por games, principalmente Guitar Hero.
Eu acredito que os games tenham uma influência ainda maior do que apenas entreter uma pessoa, pois através do game trabalha-se: estratégia, inteligência, paciência, e em determinados jogos o espírito de equipe.

Lembro-me quando eu jogava River Raid empolgadíssimo. Pulava de alergia quando ganhava o troféu no Enduro. Achava aquilo tudo D+, perfeito. Hoje em dia eles evoluíram, e temos games que parecem mais com filmes ou até mesmo a vida real.

Não perdendo o foco, Games são bons e não oferecem riscos à população. DESDE QUE ‘CONSUMIDOS’ COM MODERAÇÃO.

Resumindo: Vídeos games são, e serão cada vez mais, utilizados como ferramenta de aprendizagem.
Veja, por exemplo, Leitor Amigo, que a maioria dos jogos está em língua estrangeira (inglês) e a partir daí você ou seu filho se empenharão para entender outro idioma sem ao menos ter que pagar um cursinho para isso. Games estimulam o raciocínio, a lógica etc.



Vovó Neurótica: “Por isso que falo para a minha Sobrinha Thaissa (Baby Lou Tattoo): - Menina, saia deste blog e vai jogar um vídeo game!!!”



video

Mas e você, gosta de games? Então compartilhe conosco qual seu jogo favorito.
ô-ô COMENTE -.-

sábado, 9 de maio de 2009

FELIZ DIA DAS MÃES




Vovó Neurótica: "Obrigada, meu filho. Mas eu queria minha Atensina, que já acabou."


Segue nossa homenagem ao Dia das Mães.

Prezada Mrs. Jones,
Eu gostaria de deixar bem claro que eu não sou, nem nunca fui, uma "dançarina erótica".
Eu trabalho no "Home Depot", e eu disse à minha filha como a última semana foi tumultuada, antes da nevasca. Eu disse a ela que nós vendemos todas as pás de neve que tínhamos, e então eu achei mais uma no depósito, e muitas pessoas estavam então disputando sua compra.
O desenho dela não me mostra dançando em torno de um poste. Ela me mostra vendendo a última pá de neve que tínhamos no "Home Depot".
De agora em diante, eu me lembrarei de verificar a lição de casa dela mais cuidadosamente antes da entrega.
Atenciosamente,
Mrs. Smith

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Os Personagens

Grande parte dos sites, blogs, microblogs, casa da mãe Joana e relativos, têm seu(s) personagem(s).

E o Administrite para não ficar de fora tem os seus.

Administrador Complexado

Acha que tudo e todos estão contra ele. Vive desesperado.

“Por que estou aqui? Fiz algo de errado? Já sei, devo me apresentar ao Departamento Pessoal ...”
Leitor Amigo
Está sempre acompanhando o blog, e não perde uma oportunidade de questionar. Sempre jovem e buscando novos conhecimentos.

“Por que o sistema é assim tão complexo???”

Sobrinho Mala
Este está desde o início aqui. Na maioria das vezes é falando coisa sem sentido. Mas ele é carismático, merece crédito.

“Eu quero um Playstation 3, Tiu!”


Vovó Neurótica
Não, gente. Esta não é a Bruxa do 71. Esta é a Vovó. Uma pessoa neurótica que acha que tudo é criação do Coisa Ruim. Toma remédio para tudo, desde dor de cabeça até dor na língua.

“Tecnologia é coisa do rabudo! Na minha época eu digitava com máquinas da Remington”

quarta-feira, 6 de maio de 2009

HUMOR – ZzZzzZZ((-.-))ZZzzZzZ

ZZZzzzZzzzZZZzzzZZzzzzzzZZZZZZ



Vovó Neurótica: "Por isso que o Brasil não vai pra frente..."

terça-feira, 5 de maio de 2009

Burnout, Quemarse ou La Brûlure Interne




Administrador Complexado: “Eu tenho isso!”



Pois é, amigo administrador, não só você sofre desta síndrome. Muitos trabalhadores e até mesmo você, leitor, sofrem com este mal.





Leitor Amigo: “Mas o que é que o Administrador e Eu temos???”


“A Síndrome de Burnout é um termo que descreve o estado de exaustão prolongada e diminuição de interesse, especialmente em relação ao trabalho. O termo burnout descreve principalmente a sensação de exaustão da pessoa acometida.” (Wikipédia)
Viver em uma sociedade em constante evolução não só trás boas tecnologias, resultados, reconhecimentos ou promoções. Se você não correr atrás do seu objetivo, outro vem e o passa para trás. Esta é a ordem natural do Mundo Globalizado.

Então, nós mortais trabalhadores que lutamos com unhas e dentes pelos nossos empregos, vamos até o fim para mantê-lo. E é aí que mora o perigo. Mesmo o trabalho estando exigente demais, nós sempre iremos buscar o melhor de nós, queimando até o final nossas energias. Às vezes, dedicamos até os nossos fins de semana ao trabalho. E depois de tudo isso, a desilusão. Seu trabalho não foi reconhecido...



Administrador Complexado: “É o fim. A morte seria muito melhor.”


Pois é, acredito que isso possa até passar pela cabeça de quem sofra desta síndrome. Mas isso não é o fim. Algumas empresas para contornar este tal de Burnout, fazem o possível para melhorar a qualidade de vida do funcionário. Dando-lhe um local adequado de trabalho, oferecendo-lhe ferramentas apropriadas e não arrancando o couro ou pressionando-o psicologicamente a cada segundo.

Recompensar o funcionário por um trabalho que tenha gerado um bom resultado, quando ele expõe sua idéia, dar-lhe um simples bom dia, ajuda muito em sua qualidade de vida, na produtividade da empresa, na qualidade do serviço prestado e na lucratividade. (Deu pra ver daqui o sorrisão no seu rosto! Lucro = Sorriso rs rs)

Como saber se eu sofro da Síndrome de Burnout?

segunda-feira, 4 de maio de 2009

O Concreto do Futuro vs. O Futuro do Concreto

O que houve com você, Vovó?

Vovó Neurótica: “Ahh, meu filho! Foi aquele buraco lá na esquina da rua. Caí nele quando ia para a igreja ontem. Agora terei de tomar vários medicamentos a semana toda. O Farmacêutico já fez até o orçamento, dá no total de 60 reais. Deixei lá na sua mesa...”

Está bom, Vovó. Não precisava contar detalhes...

Muitas pessoas são vítimas de buracos e a história sempre é a mesma. “Iremos mandar uma equipe da prefeitura ao local para avaliar a situação”.

Mas tem gente ao redor do mundo que está cansada disso e já buscou uma solução inovadora.

O Professor Victor Li, da Universidade de Michigan, inventou uma espécie de concreto com a capacidade de se regenerar. Isso mesmo, amigo leitor. Concreto com propriedade de se ‘auto curar’.

Vovó Neurótica: “Agora você vai me dizer que isso não é coisa do mal?”

Não, vovó. Isso não é coisa do mal.

Não se faz necessário a intervenção humana ou espiritual, apenas água e dióxido de carbono.

Então, Vovó. Você já imaginou nunca mais ter rachaduras na parede de casa?

Vovó Neurótica: “Isso seria ótimo. Daria fim em todos os barbeiros...”

Vovó, sua casa não é de pau-a-pique [...] Imagine prédios abalados por terremotos onde sua estrutura se regenera sozinha? Pois é, vovó. Esta é a capacidade do novo concreto. O Concreto do Futuro.
O vídeo no link abaixo é a apresentação feita pelo Victor Li. Vale à pena dar uma olhada.

http://www.livescience.com/common/media/video/player.php?aid=27645

sábado, 2 de maio de 2009

EU RECOMENDO – by Talita

Gente, por favor. Quando enviarem e-mails com: recomendação de artigos, textos, piadas ou qualquer outra coisa, IDENTIFIQUEM-SE! Não tem como eu postar somente tendo o e-mail de vocês. Ok? Mas calma, mesmo assim eu agradeço aos e-mails e com certeza grande parte deles serão postados.

Let’s go...

Hoje recebi uma recomendação da minha namorada Talita (Sim, a Primeira Dama rs rs).

É a respeito de um site que está com uma campanha chamada de “Evite que seu bife derrube a Amazônia”, e já que falamos de sustentabilidade, nada mais justo que recomendar este site.
“As principais fontes de emissão de gases do efeito estufa do Brasil são o desmatamento e as queimadas, que respondem por volta de 70% das emissões nacionais. O principal vetor de desmatamento é ... http://www.climaeconsumo.org.br/cartoesVirtuais.html

Continuem mandando suas recomendações!
Related Posts with Thumbnails